+55 11 3868-2722 (BR) / + 571 541 1113-702 5021 (CO)
cursos@ecobuildingforum.com.br (BR) / cursos@ecobuildingforum.com (CO)

Estudo de Viabilidade Técnica e Certificações Ambientais

5 maio 2017

Estudo de Viabilidade Técnica e Certificações Ambientais

/
Comments0

A importância dos Estudos de Viabilidade Técnica para a Certificação de Empreendimentos Sustentáveis

Autor: Arq. Antonio Macedo Filho, LEED AP BD+C / DGNB Consultant
amacedo@ecobuilding.com.br

O mercado da construção sustentável tem amadurecido e crescido no Brasil. Muitos incorporadores estão percebendo que este de fato é o caminho a ser seguido e que a incorporação de estratégias de sustentabilidade para os seus empreendimentos é necessária para o sucesso do negócio.
Contudo, muitos ainda não o fazem, em geral, basicamente por quê:

  1. Acham que é caro;
  2. Acham que vai ser complicado e difícil para trabalhar com a equipe de projetistas e consultores;
  3. Não sabem onde encontrar profissionais especializados para dar suporte em sua cidade;

Tendo trabalhado com muitos clientes empreendedores “de primeira viagem” na área, em projetos em mais de uma dezena de estados brasileiros, podemos afirmar, com segurança, que temos respostas adequadas para todas estas questões, quais sejam:

  1. Não precisa custar muito. É possível, eventualmente, não custar nada mais, em função dos muitos benefícios proporcionados ao projeto, à obra e à operação;
  2. Com orientação adequada e acompanhamento do processo de projetos de forma integrada (trabalho que fazemos na consultoria), atuamos em conjunto com a mesma equipe de projetistas que o incorporador já conheça e com a qual esteja habituado a trabalhar, alcançando ótimos resultados;
  3. Trabalhamos com consultores locais em diversos estados do Brasil que, em coordenação com nossos consultores do núcleo central em São Paulo, dão suporte, acompanhamento e orientação local, com eficiência, agilidade e assertividade, dando segurança ao cliente e proporcionando redução de tempo e custos.

Para que tudo isto funcione, e para que o incorporador possa perceber como a coisa toda ocorre e possa, então, se sentir seguro para seguir adiante com o processo, nós reforçamos sempre a importância de que tenhamos a possibilidade de desenvolver para eles, para um caso específico, que nos indiquem, Estudos de Viabilidade Técnica (EVT). 

São os relatórios dos EVT´s que os orientarão com relação aos potenciais e estratégias que seriam as mais viáveis para serem implementadas para aquele projeto, de forma que eles possa saber, de antemão, o que se poderia fazer, o que não terão que fazer, que nível de desempenho (e de certificação) se poderia atingir, com quais benefícios poderia alcançar, além de uma ideia dos custos envolvidos.

Para tanto, os relatórios dos EVT´s devem ser apresentados presencialmente (preferivelmente com a participação das equipes de projetos, gestores, comunicação e marketing), de forma que possamos, em conjunto, discutir os potenciais e oportunidades para atendimento, pelo empreendimento, a cada um dos requisitos e créditos do processo de certificação considerado. Assim, teremos condições de garantir segurança ao investidor para seguir com o processo, pois iremos:
A) Identificar os potenciais e oportunidades para a adoção de boas práticas e estratégias de sustentabilidade para o(s) empreendimento (s);

B) Estabelecer o nível de complexidade para atendimento de cada aspecto (créditos ou categorias) do processo de certificação escolhido;

C) Identificar as estratégias de sustentabilidade mais viáveis, técnica e economicamente, para o(s) empreendimento(s);

D) Definir, juntamente com a sua equipe de gestores, projetistas e construtores, aquelas estratégias que seriam efetivamente adotadas para o empreendimento (e também as que não seriam);

E)  Estabelecer um nível de desempenho atingível pelo(s) empreendimento(s) e uma meta alcançável para o processo de certificação, com o melhor custo-benefício possível;

F)  Identificar oportunidades de incorporação dos benefícios do processo na comunicação e promoção do(s) empreendimento(s), junto às equipes de marketing e vendas;

G) Estimar os custos envolvidos no processo.

Com isto, eles terão condições, com subsídios e dados consistentes (e não baseados em impressões), de tomar decisão segura quanto à sequência do processo de incorporação da sustentabilidade em seus empreendimentos.
Os Estudos de Viabilidade Técnica constituem a etapa 1 do processo de certificação e podem ser contratados separadamente, ficando a continuidade do processo de certificação vinculada à aprovação, pelo cliente, do seu relatório. São relativamente rápidos para serem realizados e de baixo custo, em especial quando comparados à densidade de informações às quais o empreendedor terá acesso, razão por que são tão fortemente recomendados.
Os resultados são normalmente muito esclarecedores, eficazes em garantir segurança aos investidores e benéficos para todos os envolvidos, em especial se se trata de um primeiro contato com o assunto e uma primeira avaliação para um projeto daquele empreendedor (estamos bem habituados a lidar com cenários como este, com clientes e projetistas “de primeira viagem” no assunto e ficamos sempre muito satisfeitos em colaborar para o desenvolvimento de todos).

Ao final do processo, todos ganham, o empreendimento, que se valoriza, os seus usuários, com as reduções de consumos de recursos e custos operacionais, os promotores, que terão sua imagem valorizada e poderão fazer melhores negócios, as cidades, pelo cuidado com o meio e, por que não, o planeta, pela promoção da redução de emissões de CO2 e outro impactos ambientais.
Consulte-nos.

Vamos ajudá-los a viabilizar a “Sustentabilidade Possível“.

Para saber mais a respeito deste e outros temas relacionados,

conheça o curso online ministrado pelo Arqto. Antonio Macêdo: